A Cidade dos Piratas

Otto Guerra | Animação, cor, 80 min, 2018, Brasil
CONTEMPORÂNEOS | Classificação: 16 anos | Foto: divulgação

Inspirado nos famosos quadrinhos da cartunista Laerte. A história mescla a jornada de transição da artista e do diretor, que encara a morte após ser diagnosticado com câncer. Cria-se, então, um abismo caótico entre ficção e realidade na animação mais louca de todos os tempos.

Otto Guerra

Um dos pioneiros da animação autoral no Brasil e criador da Otto Desenhos, que se tornou uma das produtoras de animação mais importantes do país. É o único diretor com quatro obras na lista dos 100 filmes mais importantes da animação brasileira definida pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (ABRACCINE) no livro 100 Anos do Cinema de Animação no Brasil. Entre seus filmes, sempre na contramão dos clássicos, estão Wood & Stock: Sexo, Orégano e Rock’n’roll (2006) e A Cidade dos Piratas (2019). Em 2020 foi convidado a integrar a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, tornando- se seu novo membro.

Empresa Produtora: Marta Machado e Elisa Rocha
Empresa Distribuidora: Lança Filmes
Direção: Otto Guerra
Produção: Marta Machado e Elisa Rocha
Roteiro: Rodrigo John
Direção de Fotografia: Marco Arruda
Direção de Arte: Pilar Prado e Laerte Coutinho
Montagem: Marco Arruda
Trilha Sonora: Matheus Walter e Tiago Abrahão
Finalização de Som: Gogó Conteúdo Sonoro
Elenco: Laerte, Otto Guerra, Matheus Nachtergaele, Marco Ricca, Marcos Contreras e Luis Felipe Ramos

Scroll to top